Terça-feira, 27 de Maio de 2008

Assim a modos que coisas

Se há maneira mais agradável de acordar que com alguém a berrar por estar uma ratazana na casa-de-banho, não consigo imaginar. E daí, consigo imaginar muitas mais maneiras, sendo que a maioria envolve a mim, a Soraia Chaves, e massagens sensuais em locais exóticos. Que piadinha mais básica, hã?, esta que envolve a mim, a Soraia Chaves e massagens sensuais em locais exóticos. Um momento a pedir entrega e imaginação, e lá estou eu com a brejeirice corriqueira que envolve a mim, a Soraia Chaves e  massagens sensuais em locais exóticos. Vamos tentar algo mais profundo, mais interligado com a Força Universal que rege o Tao, em vez de uma graçola seca que envolve a mim, a Soraia Chaves, e massagens sensuais em locais exóticos. Até porque estar sempre a escrever a referência que envolve a mim, a Soraia Chaves, e massagens sensuais em locais exóticos, é coisa que cansa. Podem dizer parar usar o copy/paste, mas a verdade é que não sou do género do copy/paste, acho assim um bocado mariquinhas. Sou mais da velha guarda, para quem copiar e colar é para as crianças do infantário, e pertenço até à escola do escrever por extenso, em vez de mil novecentos e noventa e oito em numeral, prefiro mil novecentos e noventa e oito em extenso. E uma vez que o Bloquito(s) também é meu, não podem fazer nada para me deter <-- risada maquiavélica-->! A não ser que corrompam o compincha, e eu que sou sou daqueles que acreditam que cada homem tem um preço e que é sempre possível fazer-lhe uma oferta que não poderá recusar. Pelo que sim, é possível que o compincha se deixasse corromper, em especial se o preço envolvesse ele, a Soraia Chaves, e massagens sensuais em locais exóticos.

 

Mas falava de maneiras mais agradáveis de acordar que aquela referida ao início, e acho que posso imaginar a mim, a Sorai, um taco de basebol, e aquela malta que se cruza comigo na rua e desvia-se para o mesmo lado que eu: se vou para a direita, vão para a direita, se desvio para a esquerda, acompanham-me para a esquerda. E isto continua! Se ficassem apenas pela confusão direita/direita, ou esquerda/esquerda, mas não, irão desviar-se para a direita quando me desviar para a direita, e depois driblar para a esquerda quando me movimentar para a esquerda, e depois voltar novamente para a direita quando já estiver a bufar pela direita, e ficamos ali um jogo de direita/esquerda/direita/esquerda que fará quem nos vir a pensar que dois maluquinhos ali a dançar kizomba na praça pública! E ainda que, pensará indubidavelmente o incauto trausente, seja um arrasadoramente belo maluquinho - referindo-se a mim, claro - não deixa de ser um figura de parvo. Haverá gente mais merecedora de ser espancada com um taco de basebol que esta? Há, a verdade é que há, há sempre gente ainda mais merecedora de ser espancada com um taco de basebol.

 

Esta é uma verdade irrefutável da Vida, e não aquela trenguice d' O Segredo, segundo o qual quem tenha pensamentos bonzinhos atrai para a sua vida acontecimentos bonzinhos, e é um corolário desta regra que se pensamentos bonzinhos atraem acontecimentos bonzinhos, pensamentos mauzinhos irão atrair acontecimentos mauzinhos, o que me faz pensar que pelo menos a Humanidade evoluiu mesmo desde a Idade Média, porque se dantes eram todas as nossas acções que nos colocavam no Inferno, agora são todos os pensamentos. Um estalo de luva branca a quem diz que as religiões não evoluem. Mas há gente ainda mais merecedora de um taco de basebol do que aquelas acima referidas, como por exemplo, malta que percebe não haver detergente da loiça, e uma vez que percorrer um caminho de dois minutos a pé para comprar o dito cujo é demasiado, optam por lavar a loiça com amoníaco. Pois, amoníaco, aquilo que não deve ser ingerido e que pode provocar melanomas e outras. Se este género de pessoas não merecia pelo menos um taco de golfe, há quem considere que não se desceu fundo o suficiente e façam tudo por começar a escavar, mesmo que em cima de granito rochoso. Como aquela malta que por acaso até é adepta d' O Segredo, e para quem, aparentemente, alguém cometer um engano tão parolo quando lavar loiça com produtos cancerígenos não merece sequer um bofetão, devendo antes ser louvado por nos fazer crescer enquanto pessoas e mais rapidamente encontrar o caminho para o Nirvana. Já o dizia o poeta, chocam-me o racismo e a intolerância religiosa, choca-me que existam pessoas a odiar por motivos de cor e religião, quando existem tantos motivos para odiar tanta gente. 

Etiqueta:
publicado por Rui às 20:25
ligação | comentar

Março 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

29
30
31


Pesquisar

 

Arquivos

Março 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Maio 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Artigos recentes

assim a modos que daquela...

coisas em que não se pens...

também é verdade

os anéis no céu

P.A.C. Man

no trabalho

emoções

à procura...

#1

intenções

RSS

:.