Sexta-feira, 21 de Novembro de 2008

polémicas

Parece que levantei alguma polémica ao admitir ter o conhecimento de Como Funcionam As Mulheres, a acreditar na quantidade de pessoas que se têm aproximado de mim com aquele tom de "com que então, senhor que sabe tudo acerca das mulheres", uma invectiva à qual respondo com um tal brilhantismo que as deixo boquiabertas e fascinadas, excepto quando viram costas e se afastam a resmungar que sou mesmo um palerma, mas mesmo aí não é uma clara falha minha, mas apenas da sociedade que ainda não está preparada para tais revelações. Também durante muito tempo se pensou que a luz era branca e depois o Newton provou que não senhor, era de várias cores, como qualquer espectrógrafo pode provar, e mesmo sabendo-se hoje que tinha toda a razão, não deixaram de querer enviá-lo para a fogueira. Ou então era o Galileu, estou sempre a confundir os dois. Mas é isso que sou, um Newton da idade moderna, ainda hoje de manhã meti os Kellogs no micro-ondas e enquanto esperava que aquecessem, deduzi mais uma solução ao Teorema de Poincaré e contactei o Paul Erdös para lhe dar a solução ao problema que ele não estava a conseguir resolver.

 

Mas polémicas nunca andam sozinhas, e ainda hoje me vieram com histórias de acharem o Bloquito(s) muito chato e aborrecido e maçudo, ao que me limitei a responder, sempre com aquele brilhantismo e inspiração, que quem fala é quem é. Isso só por si só pode provar a teoria que idealizei segundo a qual a Humanidade é a coisa mais feia que existe na Existência e que não temos qualquer hipótese de Vida, uma postulação à qual geralmente me respondem com conjecturas como "não, és lindo exactamente como és", "aliás, és mesmo bonzão", "quero-te, quero-te muito", e etc., mas nada prova mais a falha destas idealizações que quando sou abordado na rua por alguém que inicia a conversa com um "ai, rapaz, cresceste tanto, lembro-me de ti assim deste tamanhinho". E quando eu, com toda a simpatia e calor humano que também são meu apanágio, lhes respondo com um inatacável "sim, é verdade, e a senhora também cresceu muito para os lados, que ainda me lembro de si assim magrinha", viram costas e vão-se embora a resmungar como sou um palerma.

 

As pessoas são tão estranhas.

 

Etiqueta:
publicado por Rui às 18:03
ligação | comentar
2 comentários:
De anonimo três pontinhos a 22 de Novembro de 2008 às 10:22
Tinhas razão sim senhor...isto anda mais engraçado que demoníaco!
PS-és lindo exactamente como és, aliás, és mesmo bonzão, quero-te, quero-te muito!


De telmo nunes a 27 de Novembro de 2008 às 20:20
com a finalidade de não quebrar com a brincadeira que aqui vai, e porque gosto imenso de vos ler, fiz-vosum desafio que até pode ser giro.
http://telmonunes.blogspot.com/2008/11/olhooo-desafiiiio.html

espero que participem os dois.


Comentar post

Março 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

29
30
31


Pesquisar

 

Arquivos

Março 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Maio 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Artigos recentes

assim a modos que daquela...

coisas em que não se pens...

também é verdade

os anéis no céu

P.A.C. Man

no trabalho

emoções

à procura...

#1

intenções

RSS

:.